Vivendo da arte


Francisco Harley de Oliveira Almeida é mais um guerrilheiro cultural entre outras coisas. Assim como este que vos escreve, um artista que passeia por vários caminhos. Um de seus trabalhos mais conhecidos é de veiculação de uma  produção 100% tupiniquim. É a Rádio Acervo Novo que por sinal está de cara nova para quem já conhecia e ainda em tempo para quem não conhece: www.acervonovo.blogspot.com. Nesse trabalho, temos o bom homem trabalhando pela cultura. No entanto, contracultura, pseudônimos, alteregos e seres do tipo sempre caminham ao melhor estilo anti-herói no mundo cultural. Devo confessar (uma vez mais) que os bonzinhos demais nunca me atraíram muito. Harley passeia pelo design digital, editoração de imagens e como a maioria dos artistas brasileiros tem que se virar para de sua arte viver. 


Sempre intitulado de Harley Almeida, vulgo Harley Maquiavel. “É como se fosse um outro eu” diz de si mesmo o próprio. Ou seja, Francisco e o Oliveira sempre ficam de fora. Francisco Oliveira x Harley Almeida  e nasce o alter ego Franz Oliver:    www.franzoliver.blogspot.com. Aqui Harley apresenta um trabalho de uma lascívia mais acentuada. Para finalizar, já há bastante tempo falei que começaria uma série sobre pessoas que trabalham e vivem de arte. Uma grande amiga, musicista (Paula Karmilza) comentou que aguardava tal série. Bom, digo que estes, assim como você e eu estão correndo tanto o tempo inteiro que fica muito difícil nos reunirmos para conseguir tal feito. Ou seja, o processo vai ser lento. O próprio Harley sabe que não conseguimos fazer as coisas ao tempo  que gostaríamos. Viver de arte é para obstinados…






É apenas o que eu acho…

Demetrius Carvalho Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *