Quem não tem dinheiro não faz faculdade

Essa foi a frase atribuída ao deputado Nelson Marquezelli (PDT-SP) que é um dos líderes da bancada ruralista e está em seu sexto mandato.

O Próprio sai com uma nota dizendo que sua frase foi colocada sem contexto. Segue a seguir ela na íntegra:

“O Estado não pode gastar mais que arrecada.
Defendo a gratuidade para a população de baixa renda em instituições públicas, mas subsidiar a quem tem condições de pagar a universidade sou totalmente contra.
O ajuste da PEC não retira nenhum centavo para educação e saúde, mas por outro lado a aprovação da matéria possibilita um freio em orçamentos inflados, aumentos irreais e expectativas financeiras que destruirá a previdência pública.
O Brasil precisa ter a responsabilidade de administrar o dinheiro público com profissionalismo e retidão.
Remédios amargos são necessários para um momento difícil da economia nacional.
Volto a repetir, sou favorável a uma educação de qualidade e contra subsídios do Estado para quem pode e deve pagar por sua instrução.”
Em compensação, temos o vídeo de onde a frase foi “extraída fora de contexto” para que possamos confrontar com seu pronunciamento:
 
De seu pronunciamento eu concordo que o Brasil não pode gastar mais do que arrecada, no entanto é completamente ingênuo acreditar que aquele garoto da periferia que trabalha o dia inteiro e estuda de noite está em pés de igualdade com quem possa estudar o dia inteiro. Não julgo de forma alguma quem tem tais condições. Quisera eu que na verdade todos os candidatos tivessem as mesmas condições.
 
Em tempo, o deputado ruralista foi o autor de um projeto que reajustou em 60% o salário da classe para que não precisam mais fazer “bico”. Também foi o autor de um projeto que obrigaria as escolas a utilizarem do suco de laranja na merenda escolar para que fossem habilitadas à receber tal benefício. Se isso te parece nobre, o que me diz quando sabe que o homem em questão é um dos maiores produtores de laranja do país?
 
 
Demetrius Carvalho Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *