Icesp run

Sua terceira edição marcava o dia de 21 de maio como o dia em que Elisabete faria sua primeira corrida de rua, ou ao menos a que ela considerava ser.

Com a ansiosidade comum daqueles que enfrentam o desafio pela primeira vez, ela confessou que participou de uma corrida de 3k cerca de 6 anos atrás, mas que após correr poucos metros, arrastou-se pelo restante do percurso.

Por indicação médica para equilibrar alguns números como triglicérides e colesterol, Elisabete começou a se reaproximar da corrida de rua embora ainda na esteira na academia. Aos poucos foi aumentando a distância e vinha praticando entre 5k e 8k, mas segundo suas próprias palavras, alternando entre corrida e caminhada. Alertada que correr na rua era um pouco mais difícil do que na esteira, ela se dava por satisfeita em terminar o trajeto embora obviamente tentaria correr toda a prova.

Sua estratégia era largar um pouco mais de trás e com o ritmo leve para que fosse possível alcançar o seu objetivo. Também disse que correria pela direita para não atrapalhar ninguém e até a sua mãe ajudou pesquisando sobre o que fazer.

Elisabete

Por volta de 3’20” ela cruza o pórtico e dentro de sua estratégia partiu. Fazia frio e uma leve garoa por praticamente toda a prova. A Icesp run tinha caminhada de 5k, corrida de 5k e 10k. Cada uma dela com suas histórias, mas hoje, eram os 5k que estávamos de olho. Patrícia Pereira Gomes venceu a prova feminina de 5k com 24’43” e chegou emocionada derramando lágrimas.

Patrícia

23 minutos depois, Elisabete chegava. A cronometragem oficial marcava 47’28”, mas isso definitivamente era o menos importante para ela que orgulhosa recebia sua primeira medalha.

ElisabeteChegada

   ElisabeteMedalha

Elisabete disse ter escolhido a Icesp run por sua causa nobre. Segundo a organização da prova, a renda será integralmente revertida para a promoção de projetos do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.

Nossa corredora de rua e não mais de esteira almeja sem pressa ir ampliando seus feitos e quem sabe no ano que vem corra uma São Silvestre. Por hora, ela só tem o que comemorar juntando-se ao mundo dos corredores.

Eu e a corrida, Elisabete e a corrida, você e a corrida e as muitas história que se apresentam nesse esporte apaixonante e democrático que parece ter o futuro garantido pela “corrida kids” promovida pela Icesp run.

18675087_734070326765801_777697539_o

Demétrius Carvalho Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *