Move For Cancer

Ela cruza o pórtico de chegada de sua segunda meia maratona com o pensamento já na maratona. Um sonho, uma meta, um alvo, uma loucura. Não interessa o que seja. É para onde ela se vê…

Uma semana após seu feito que já é de uma grandiosidade, ela sente-se um pouco mais cansada do que pensava ou gostaria, mas seu desejo é latente e ela já está inscrita em sua maratona.

Ela se chama Tatiana Silva. Se começou a correr por empolgação com o pessoal do trabalho, viu esse desejo materializar-se em sua mente após conhecer o grupo “Vem comigo” em agosto de 2014. Tati que dava corridinhas no final de semana para controlar o peso, fez seus primeiros 10k’s com o pessoal do Vem comigo. Em 2015 estava terminando sua primeira meia e os amigos feitos na pista estavam lá com faixa e tudo para um momento para lá de emocionante em sua vida.

IMG-20170811-WA0019

A vontade de se aventurar nos 42.195m se tornava realidade e emborara correr uma maratona seja difícil para qualquer um, não sabia ela o quão seria em seu caso. O cansaço excessivo do corpo após sua segunda meia foi o primeiro sinal de um câncer do endométrio até então desconhecido.

No fim de 2015, correu a São Silvestre por pura teimosia contra a vontade de sua médica. O ano de 2016 como inicialmente pensado por ela foi de um longo e árduo preparo, mas bem longe de ser chino havia imaginado. Não era contra os 42k e sim contra o câncer. Era o ano de correr para si. Foram ironicamente 42 sessões de rádio em vez dos 42 quilômetros. Procedimentos, medicamentos e depressão onde a corrida e os amigos corredores foram de vital importância para vencer essa etapa da vida.

A maratona do Rio da qual já estava inscrita, virou uma outra meia e teve até fuga de sessão de rádio para correr outra em Florianópolis, mas o quadro começa a mudar no segundo semestre de 2016. Previsão inicial de término do tratamento era para setembro, mas uma alteração em seu quadro alongou o tratamento para mais dez sessões para finalmente ela olhar para trás e poder dizer que havia vencido um câncer. Muito mais importante do que qualquer corrida que já possa ter corrido.

Mas o que a Tati fez para comemorar? Acrescentou outra meia maratona em seu currículo e essa teve um sabor completamente diferente e a imagem fala por si só.

_20170813_230850

Quando a Move for Cancer, corrida beneficente promovida pela Yescom surgiu no calendário de corrida de rua, Karina Teixeira do “Corredora da vida real” que costuma realizar sorteios, não pensou duas vezes e presenteou a Tatiana.

IMG-20170813-WA0014

Viver correndo é maravilhoso, mas precisamos nos atentar à paisagem.

Foram essas suas palavras ao terminar a Move For Cancer.

IMG-20170813-WA0003

— O que diria para alguém diagnosticado com câncer?

— Para mim a luta contra o câncer  é como uma corrida. Cada km uma superação. Não é  uma corrida fácil, não há opções , paredões. É  seguir rumo  à linha de chegada.

A Yescom disponibilizou canais para quem deseja doar para o Instituto de câncer Dr. Arnaldo. Ligue(11) 3203-1971 ou acessemove4cancer.com.br/quero-te usar

Por hora, Tatiana quer apenas desfrutar de sua nova medalha e nova vida.

IMG-20170813-WA0015

IMG-20170813-WA0016

Viver correndo é maravilhoso, mas precisamos nos atentar à paisagem.

(Tatiana Silva)

Demétrius Carvalho Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *