2ª Corrida Solidária – Guarujá

A largada estava marcada para 7h45 que com a aproximação do verão mais o horário de verão fazia com que tivéssemos uma sensação térmica mais quente. A prova possuía distâncias de 5k e 10k praticamente toda na areia da praia da Enseada. Apenas a largada e a chegada de davam no calçadão.

IMG_20181118_090543127~2

Eram cerca de cem metros para que os participantes colocassem os pés na areia e corressem em direção ao morro do Maluf e fizessem o primeiro dos dois únicos retornos de uma prova praticamente reta (ou a sensação de que, visto que a orla tem uma leve curva porém constante no trecho) e plana.

O cenário parece ideal para bater tempo mas não se pode esquecer que a areia costuma ser um terreno mais lento e isso levando em consideração que era próximo ao mar com a areia mais firme. Na areia fofa, vira praticamente outra modalidade.

IMG_20181118_082514616_BURST000_COVER_TOP

O segundo retorno para quem optou pela distância de 5k ficava em torno de 3,5k enquanto os atletas de 10k seguiam reto até a praia do Tortuga para fazer o segundo retorno e finalizar a prova. O calor e o sol poderiam dar uma sensação de pouca hidratação na prova mas estava completamente dentro dos padrões de normalidade das corridas. O sol era que definitivamente castigava.

Um atrativo a mais aos competidores foi uma premiação com troféu até o quinto lugar por faixa etária, o que com certeza foi uma força motivadora a mais. Ela era dividida entre as categorias masculino, feminino e militares.

A disputa por lugares ao pódio tanto nessa corrida como no circuito Guarujá do qual fez parte a prova, levou a competitividade entre atletas ao ponto de haver atletas tentando burlar o percurso do qual foi impedido e coibido pela direção da corrida e que nem de merece discutir nesse momento o quanto essa prática é daninha ao esporte.

IMG_20181118_102736368_HDR

Recepcionados por um tapete vermelho nos últimos metros, o atleta tinha direito à tradicional hidratação, frutas e medalha e nesse caso específico, um bom banho de mar. Esse sim, um baita de um diferencial para a prova que a credencia para a lista de desejos dos corredores em 2019.

Essa eu aprovo.

Demétrius Carvalho Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *